Sugestões de upcycling, reúso e reaproveitamento de materiais vêm com tudo no próximo evento

 
 
A relação do homem com o consumo está realmente mudando e prova disso é que o assunto já está presente em uma das suas vitrines mais emblemáticas, a da moda. Iniciativas como o Fashion Revolution Day, que questionam “quem fez minhas roupas”, escancaram bastidores insustentáveis na cadeia produtiva do vestuário e instigam os consumidores a usarem seu dinheiro como um voto, divulgando tudo o que descobrirem sobre as marcas nas redes sociais.

Se por aqui, estilistas como Ronaldo Fraga, João Pimenta e Alexandre Herchcovitch já desfilaram suas ideias de reaproveitamento de materiais nas passarelas do SPFW, que lhes renderam elogios e cortaram custos, Viktor & Rolf causaram frisson semana passada ao trazerem pela primeira vez na Semana de Alta-Costura uma coleção inteira pensada com técnicas de upcycling.

Chiara Gadaleta

Chiara Gadaleta

Mas como reunir estilo, negócios e sustentabilidade em uma marca de moda? Para responder a esta e a outras perguntas, Chiara Gadaleta abre a 48ª edição do #ModaInfo, em 24/8, voltada ao Inverno 2017, com palestra sobre iniciativas inovadoras, criativas e sustentáveis para o público do Senac Moda Informação.

Veja também: #ModaInfo confirma tendências do Inverno 2017 em 24/8

Stylist, consultora de moda e idealizadora do SP .ECOERA, movimento que aborda a integração da indústria da moda com a sustentabilidade, Chiara é uma autoridade quando se trata de técnicas de reúso, reaproveitamento de materiais e upcycling. “Apresentarei alternativas economicamente viáveis para toda a cadeia de valor, do desenvolvimento da matéria-prima, pré-consumo, até o descarte do produtos, pós-consumo”, destaca Chiara.

Os participantes do #ModaInfo também poderão contar com a expertise do pessoal do Roupa Livre, movimento reconhecido por conectar pessoas e iniciativas em busca de uma relação mais consciente e cuidadosa com o que vestem, além de uma exposição de upcycling idealizada pela equipe do Senac Moda Informação, com peças de estações anteriores reinterpretadas a partir de diferentes técnicas de customização sob orientação de Gabriela Mazepa, estilista do Re-roupa.

“A sustentabilidade está presente nos valores e práticas do Senac São Paulo e sabemos que independe das tendências da estação. Queremos estimular o potencial de inovação de iniciativas sustentáveis no dia a dia dos nossos clientes e contribuir para a transformação desse momento de crises, de aspectos econômicos e éticos, em oportunidades de desenvolvimento para o mercado de moda brasileiro”, ressalta Nathalia Anjos, coordenadora do Senac Moda Informação.

Foto em destaque: Desfile Viktor & Rolf, alta-costura Verão 2016. Agência Fotosite.

Comentários

Comentários