Programa estreia nesta sexta-feira, às 18h15, no canal Syfy e revela os bastidores da criação de efeitos especiais no cinema

Vocês se lembram da matéria que fizemos ano passado sobre as redefinições de padrões estéticos na moda com a exaltação de visualidades pós-humanas?

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Dennis Dal Bello (@dennisdalbello) em

Pois é, o fascínio pelas diversas ramificações do universo da ficção científica continua rendendo pano pra manga, sendo o mais novo trabalho em pauta a estreia do reality show Cinelab Aprendiz, uma competição de especialistas em efeitos especiais para a sétima arte, que será exibida às sextas-feiras, às 18h15, no canal Syfy, e conta com a participação do profissional Dennis Dal Bello, docente do curso de maquiador cênico do Senac Lapa Faustolo.

Biólogo por formação, Dennis trabalha com maquiagem cênica desde 2006, quando começou a criar personagens para o Zombie Walk de São Paulo, marcha dos zumbis que acontece em vários países ao redor do globo influenciada pelos festejos no Día de Los Muertos, no México.

“Desde criança, eu gostava muito de estudar arte e ciências. Acabei unindo esses dois interesses na maquiagem cênica”, explica o docente, que já realizou trabalhos para TV, cinema, teatro e comic cons.

Especialista em creature design (algo como criação de personagens fantásticos, em inglês), Dennis explica que seu conhecimento sobre anatomia e fisiologia dos seres vivos adquiridos na faculdade foi determinante para a construção de seu repertório, uma vez que o processo da maquiagem também leva em conta aspectos comportamentais previstos no roteiro.

“Quando estamos criando uma personagem nova, é importante pesquisarmos a fundo as referências dispostas no briefing para que a maquiagem – com ou sem próteses – funcione realmente como aliada dos atores na história que está sendo contada”, explica o docente.

Apesar de a criação de seres fantásticos como zumbis, vampiros e alienígenas ser sempre impactante, Dennis revela que a vertente realística dos efeitos especiais, como a premiada maquiagem executada em Brad Pitt no filme O estranho caso de Benjamim Button (2009), é a mais complexa de executar, pois tem de parecer natural. “Envelhecer um ator é um trabalho que requer bastante experiência e sensibilidade para que o público deixe de ver a maquiagem para prestar atenção na personagem”.

Para os profissionais interessados em ingressar nessa área, Dennis aconselha a pesquisa incessante por técnicas de maquiagem em paralelo com criação de figurino e cenografia. “A primeira coisa que precisamos saber num job é a sua finalidade de veiculação. A maquiagem que funciona para o teatro não funciona para o vídeo, por exemplo, por causa dessas variáveis”, explica.

Como tendência, o profissional aponta a criação de cosplays para eventos como Comic Con, Anime Friends e Horror Expo, “são os jobs que pagam melhor, pois os clientes são superexigentes e o mercado está crescendo”, aponta.

Em suas aulas no Senac, Dennis revela que encoraja os alunos a testar materiais alternativos na criação. “Sempre apresento o convencional e também proponho novos olhares para materiais acessíveis do cotidiano, como massa de eva, por exemplo, que democratizam o processo de caracterização, e mostram pros alunos que é possível inovar independente do orçamento”, conclui.

Foto em destaque: Divulgação Cinelab Aprendiz.

Comentários

Comentários