Em tempos de discussões acaloradas em redes sociais, assistimos a internet se transformar num verdadeiro mar de diferenças. Para cada pessoa tentando promover a transformação do seu entorno, parece que há outra lutando para a manutenção dos valores e tradições por meio dos quais se reconhece no mundo.

Esse cenário de tensão envolve não só desentendimentos isolados sobre política, religião e classes sociais, mas põe em xeque a estrutura patriarcal como um todo, gerando conflitos em diversos níveis que desencadeiam sintomas de estresse, depressão, ansiedade e apatia.

Nesse sentido, o escapismo surge como uma trégua sobre a dura realidade que projeta um futuro de incertezas e influencia os designers a darem vazão às próprias utopias na criação, como o exemplo da dupla Frederique Mozart e Paola Pereira, alunos da pós-graduação em Modelagem Criativa do Senac Lapa Faustolo.

Inspirados no universo lúdico do festival norte-americano Burning Man, que mistura elementos ancestrais e futuristas, os designers desenvolveram a coleção agênero chamada Adeus, Terráqueos, pensada para um viajante conhecendo um novo território, preparado para chuvas, tempestades de areia, calor ou frio, na qual utilizaram técnicas de modelagem plana oversized, moulage e zero waist (desperdício zero).

“Evitamos enlouquecer nesse mundo caótico, cheio de ódio e violência”, explica a dupla, que continua, “é importante acreditar que um território utópico possa existir, nem que seja na nossa cabeça”.

Confira o ensaio realizado pela dupla como parte do seu trabalho de conclusão de curso:

Imagens: Divulgação

Comentários

Comentários