Inspiração

Modatecas do Senac: a moda como documento

Ambientes voltados exclusivamente à preservação e pesquisa de trajes, acessórios e tecidos estão abertos à visitação   Nem só de livros e revistas se faz o acervo de moda de uma biblioteca, pertencendo a esse espaço também a catalogação e guarda de...

Senac Ceará marca presença na Semana de Moda de Londres

Instituição articulou estreia do estilista David Lee por lá, além de duas exposições de moda na Embaixada Brasileira David Lee, ex-aluno do Senac CE, estreia em Londres Lembra que a gente avisou que o estilista David Lee, ex-aluno do Senac...

Alunos do Senac SP investigam protagonismo negro na moda

Instigados a estimular a visibilidade e a valorização da pluralidade cultural e intelectual dos profissionais negros na moda, o trio de estudantes Deise Bergamo, Glauber Ribeiro e Paloma GS Botelho da pós-graduação em Styling do Senac Lapa...

Inspira Mais 2020_I propõe irreverência na criação de moda

Bom-humor e envolvimento na criação são chaves para compreender o mood da temporada   De olho no que cairá no gosto do mercado no próximo verão, o Inspira Mais 2020_I, salão de inovação de materiais para os segmentos de moda e decoração, deu início aos...

Brexit, o elefante na sala da semana de moda masculina de Londres

Evento dividiu as atenções com as polêmicas sobre a saída do Reino Unido da União Europeia   Responsável pelo pontapé inicial do calendário de lançamentos da moda internacional, o London Fashion Week Men's dividiu os holofotes da segunda semana no ano com...

Editorial: Entre o cinza

Desperdício zero é tema de trabalho de conclusão de pós-graduação de Modelagem Criativa do Senac Lapa Faustolo A demanda crescente dos consumidores por informações sobre os produtos e serviços que estão consumindo, estimulada principalmente...

Editorial: Adeus Terráqueos!

Em tempos de discussões acaloradas em redes sociais, assistimos a internet se transformar num verdadeiro mar de diferenças. Para cada pessoa tentando promover a transformação do seu entorno, parece que há outra lutando para a manutenção dos valores e...

Flavia Aranha: slow fashion afetivo

Estilista compartilhou sua história com o público do Casa Aberta no Senac Lapa Faustolo   Na época da transparência, em que cada vez mais pessoas querem saber quem fez suas roupas, a trajetória da estilista Flavia Aranha é fonte inesgotável de inspiração...

Senac Ceará leva ex-aluno a exposição em Londres

Estilista cearense David Lee é o único brasileiro nessa edição da International Fashion Showcase Sede do DFB (Dragão Fashion Brasil), um dos festivais de moda mais autênticos do nosso país, Fortaleza vem se firmando como pólo de projeção de...

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades.

fevereiro, 2019

Local do evento:

Todos

15dez(dez 15)00:0007abr(abr 7)00:00Exposição "Claudia Andujar: a luta Yanomami"(dezembro 15) 00:00 - (abril 7) 00:00 IMS

Detalhes

“Claudia Andujar: a luta Yanomami” é uma exposição retrospectiva sobre o trabalho da fotógrafa e ativista que dedicou a vida para estudar e proteger um povo indígena ameaçado de extinção. A abertura ocorre no IMS Paulista dia 15 de dezembro, sábado, às 11h. Em breve mais informações.

www.expoclaudiaandujar.ims.com.br
#ExpoClaudiaAndujar

Curadoria de Thyago Nogueira e Valentina Tong (assistente)

Andujar (1931) cresceu na Hungria, e escapou para a Suíça durante a Segunda Guerra Mundial. Sua família paterna foi enviada aos campos de concentração de Auschwitz e Dachau. Da Suíça, passou pelos Estados Unidos e desembarcou no Brasil em 1955, onde iniciou o trabalho de fotografia. Em 1971, fotografou os índios Yanomami para a revista Realidade. A partir de então, passou a documentar essa cultura relativamente isolada, com uma mescla original de mergulho antropológico e experimentação visual.

O encanto durou pouco. Logo, o desenvolvimento da Amazônia promovido pelo regime militar dizimou comunidades desprotegidas. Aos poucos, a fotógrafa viu nascer a ativista, que organizou projetos de saúde e educação para proteger a população indígena, além de mobilizar organizações nacionais e internacionais para aprovar no Congresso a demarcação da terra Yanomami de forma contínua.

Fruto de 5 anos de pesquisa no arquivo da fotógrafa, a exposição apresenta imagens e documento inéditos para recontar a história de luta e determinação que transformou um projeto fotográfico num marco da história visual e política do país.

> VISITAÇÃO
Terças a domingos (exceto quintas), das 10h às 20h. Às quintas (exceto feriados), das 10h às 22h.
Em cartaz de 15 de dezembro de 2018, às 11h, a 7 de abril de 2019.

IMS Paulista
Galerias 2 e 3
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

———–

Foto de Claudia Andujar

Horário

Dezembro 15 (Sábado) 00:00 - Abril 7 (Domingo) 00:00

Local

IMS

Avenida Paulista, 2424

09fevDia todo24Grande Sertão: Veredas no Sesc Pompeia(Dia todo) Sesc Pompéia

Detalhes

Depois de percorrer diversos cantos do Brasil, o espetáculo-instalação “Grande Serão: Veredas” é montado em um dos locais mais icônicos da arquitetura da cidade de São Paulo: a Área de Convivência do Sesc Pompeia.

Bia Lessa propõe a um só tempo uma peça de teatro e uma instalação em sua adaptação do livro Grande Sertão: Veredas – matriz do moderno romance brasileiro e obra-prima de João Guimarães Rosa. A peça traz para o palco a saga do jagunço Riobaldo, que atravessa o sertão para combater seu maior inimigo, Hermógenes, fazer o pacto com o diabo e viver seu amor por Diadorim.

Em cartaz de 24 de novembro a 24 de fevereiro, o espetáculo é estreado por Caio Blat, Luiza Lemmertz, Leo Miggiorin, Luisa Arraes, Balbino de Paula, Daniel Passi, Elias de Castro, José Maria Rodrigues, Lucas Oranmian e Clara Lessa.

Ingressos e mais informações: bit.ly/grande-sertao-sescpompeia

Agradecimento especial à viúva do Autor, a quem a obra foi dedicada, Aracy Moebius de Carvalho Guimarães Rosa, à Nonada Cultural e a Tess Advogados

(Foto: José Roberto Eliezer, ABC e Pedro Eliezer)

Horário

fevereiro 9 (Sábado) - 24 (Domingo)

Local

Sesc Pompéia

Rua Clélia, 93 CEP: 05042-000 São Paulo-SP

19fevDia todo25Semana de Moda de Milão(Dia todo) Milão

Detalhes

Milan Fashion Week

Horário

fevereiro 19 (Terça-feira) - 25 (Segunda-feira)

Local

Milão

19fevDia todo23Mostra L.A. Rebellion no IMS Paulista(Dia todo) IMS Paulista

Detalhes

De 19 a 23 de fevereiro de 2019, o Cinema do IMS Paulista promove a mostra L.A. Rebellion, com debates e exibições em cópias digitais e 16 mm.

► MAIS INFORMAÇÕES
https://ims.com.br/mostra/l-a-rebellion-ims-paulista/

► SOBRE A MOSTRA
Entre os anos 1970 e 1980, a Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) iniciou uma política de inclusão de jovens estudantes de cinema de origens diaspóricas e imigratórias nos EUA. Foi nesse contexto que surgiu um conjunto extraordinário de filmes que expressam o vigor, a singularidade, a renitência e a pregnância de um novo cinema negro, aclamado pela crítica internacional e reivindicado pelas novas gerações de cineastas.

Objeto de redescoberta e restauração nesta década, os filmes de realizadoras e realizadores afro-americanos egressos dessas turmas, movidos por um projeto de autonomia histórica e de emancipação artística, foram reunidos sob a rubrica L.A. Rebellion (Rebelião em Los Angeles), que passou a designar a produção de nomes que se tornariam célebres, como Charles Burnett (vencedor de um Oscar honorário em 2018) e Julie Dash (primeira mulher negra a dirigir um longa-metragem estreado comercialmente nos EUA), além de outros menos conhecidos – mas igualmente notáveis -, como Zeinabu irene Davis, Alile Sharon Larkin, Haile Gerima, Larry Clark e Billy Woodberry.

Os programadores Luís Fernando Moura e Victor Guimarães selecionaram 14 títulos neste vasto e diverso repertório, entre curtas, médias e longas, buscando iluminar obras-primas pouco vistas em um balanço entre novas cópias em formatos digitais e em 16 mm, cedidas pelo arquivo da UCLA. Em fevereiro, os cinemas do IMS exibem esses filmes em sessões comentadas por críticas e críticos, pesquisadoras e pesquisadores, e promove debates em São Paulo e no Rio.

► DEBATE
No sábado, 23 de fevereiro, às 18h, haverá o debate L.A. REBELLION, PASSADO E PRESENTE, com Heitor Augusto, Mariana Queen Nwabasili e mediação de Victor Guimarães.

► PROGRAMAÇÃO
• 19 de fevereiro, terça:
19h30 – Bush Mama, de Haile Gerima (16 mm)
seguida por fala dos curadores Luís Fernando Moura e Victor Guimarães

• 20 de fevereiro, quarta:
19h30 – Abençoes seus pequeninos corações, de Billy Woodberry
(DCP)
seguida por fala de Aaron Cutler e Mariana Shellard

• 21 de fevereiro, quinta:
19h30 – Curtas 1
21h – Bem-vindo de volta, irmão Charles, de Jamaa Fanaka (DCP)
será seguida por fala de Heitor Augusto

• 22 de fevereiro, sexta:
19h30 – Curtas 2
21h – Uma imagem diferente, de Alile Sharon Larkin (16 mm)
seguida de fala de Mariana Queen Nwabasili

• 23 de fevereiro, sábado:
16h – Curtas 3
18h – Debate: L.A. Rebellion, passado e presente
20h30 – Dando um rolê, de Larry Clark (DCP)
seguida de fala de Victor Guimarães

► INGRESSOS
R$8 (inteira) e R$4 (meia). Vendas na recepção do IMS Paulista e no site Ingresso.com

Imagem: Cena de “Ciclos” (Cycles), de Zeinabu irene Davis

Horário

fevereiro 19 (Terça-feira) - 23 (Sábado)

Local

IMS Paulista

Av. Paulista, 2424, Consolação

25fev(fev 25)00:0005mar(mar 5)00:00Semana de Moda de Paris00:00 - (março 5) 00:00 Paris, França

Detalhes

Paris  Fashion Week

Horário

Fevereiro 25 (Segunda-feira) 00:00 - Março 5 (Terça-feira) 00:00

Local

Paris, França

X