Figura do herói é tema da estação mais quente do ano

 

Em 11 e 12 de janeiro, o Salão Inspiramais apresentou, em São Paulo, 750 materiais, entre couros, enfeites e aviamentos, tecidos, tramas, laminados sintéticos e peles exóticas desenvolvidos com base nos conceitos da pesquisa do Fórum Inspirações Verão 2017, além do preview do couro para o inverno.

Walter Rodrigues, estilista e coordenador do Núcleo de Design da Assintecal (Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos), correalizadora do evento em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), destacou o processo de desenvolvimento da pesquisa do salão em sintonia com o atual cenário econômico, “vivemos num momento de mudanças e nossos fabricantes devem fazer um movimento contrário à inércia e ao pessimismo econômico: é preciso florescer, produzir, consumir, e fazer com que todo o movimento de produção novamente aconteça.

A palavra despertar serviu de ponto de partida para os temas do verão e apresentou o figura do herói como eixo central da campanha, que teve como inspiração o livro Jornada do Herói, de Joseph Campbell. “Nessa edição, partimos do princípio de que o mundo está sem direções. Não temos ícones políticos, há estranhamentos recorrentes nas relações sociais e ambientais. Ao mesmo tempo, notamos grupos engajados, se esforçando para fazer acontecer”, revelou o estilista Jefferson de Assis, em entrevista ao #ModaInfo.

Apresentadas em forma de pirâmide, as propostas são divididas em três conceitos. Confira:

Walter Rodrigues apresenta a pirâmide de conceitos do Verão 2017

Walter Rodrigues apresenta a pirâmide de conceitos do Verão 2017/ Foto: Divulgação

Deslocamento: A base pirâmide traz para o público as texturas inspiradas em minerais, com acabamento irregular, cristalizado e vulcânico. Já os aspectos multifacetados das estampas tridimensionais ficam responsáveis pelo efeito de ilusão de ótica. Tons ferrosos e superfícies metálicas revelam o brilho dos materiais, além de banhos metálicos em diversos tons de prata, combinados com cores quentes e texturas.

As cordas também ganham espaço no verão e devem aparecer multicoloridas, tramadas e com efeito de nós. Tramas rústicas e materiais sintéticos aparecem juntos, o denim é recortado, costurado e aplicado e converte-se em referência gráfica de estampas. Inspiradas na saharienne de Yves Saint Laurent, modelagens simples e aviamentos funcionais seguem os conceitos de utilitarismo e liberdade de gênero.

Pertencimento: O paradoxo ostentação x simplicidade, com toque retrô, se mantêm em voga. Componentes dourados, com texturas amassadas e espatuladas, couros e laminados, além de formas tridimensionais, são as referências fortes do excesso, que vai de encontro à austeridade de formas puras e sem artifícios, produzidas com matérias-primas nobres. O tressê aparece com cor e aspecto de atanado, tiras largas e mistura de materiais. A leveza fica por conta de efeitos perfurados nos materiais, além de estampas inspiradas nos veios de madeira.

O retrô aparece em banhos esmaltados nas cores turquesa, pink, vermelho e rosa-claro, além dos xadrezes e demais padronagens clássicas, como o pied-de-poule, que podem aparecer em preto e branco ou em combinações ousadas de cores nos materiais.

Cotidiano: Topo da pirâmide, os componentes dessa seção devem ser dramáticos, urbanos, com aspectos luminescentes, estruturas celulares, efeitos pontiagudos e texturas sombrias, que evocam o mundo ficcional, futurista e assustador do herói. As personalidades de Alexander McQueen, Björk, e Andy Warhol inspiraram este tema, assim como os filmes Jogos Vorazes, Star Wars, Matrix, Senhor dos Anéis e Harry Potter.

“No Inspiramais nos posicionamos como um verdadeiro bureau de estilo, responsável por levar moda para todo o mundo. Nossa moda genuinamente brasileira, que tem características globais e esbanja competitividade, pode ser adaptada em todos os continentes”, exaltou Walter.

Preview do couro para o Inverno 2017 

Nesta edição, o Preview do Couro contou com 17 curtumes. De acordo com Walter Rodrigues, os couros e peles que serão empregados na confecção de bolsas, calçados, acessórios e roupas no inverno de 2017 resgatam raízes, a ancestralidade, o sentimento coletivo. Na cartela de cores, destacam-se colorações que reproduzem os diferentes tons da pele humana. Também ganham espaço cores que celebram a vida: rosa, azul, amarelo, verde e laranja.

Jefferson de Assis

Jefferson de Assis

O couro vacum aparece em acabamentos rústicos, porém leves e flexíveis. Estruturas acetinadas, com brilho e volume, remetem à vibração. Entre os exóticos, a cobra Python surge ao lado das peles de peixe, principalmente de tilápia, que criam volumes e dobraduras originais quando costuradas com técnicas de patchwork. As peles de jacaré Caiman têm, por sua vez, o desenho natural valorizado com clássicos efeitos tamponados com cera.

No calor do carimbó

Ubuntu é a filosofia da estação e significa o ato de compartilhar, humanizar e retribuir. Sob este viés, foram elencadas as palavras-chave provocante, ancestral, cadência, rotação, labiríntico e flexível, decodificadas por Jefferson de Assis no carimbó, nome de um ritmo musical e de uma dança paraense, para o Projeto Referência Brasileira, que ele coordena no Salão. “Considerando que o nosso inverno é muito ameno, eu quis logo quebrar a definição do frio para a estação com as referências culturais do carimbó”, relata Jefferson.

“No carimbó, a pele é muito forte, os meninos quase não usam camisa, o suor verte pela pele o tempo todo, a saia das meninas é rodada e mostra as pernas e o movimento da dança é o cortejo à mulher”, explica o estilista, que traduziu esses signos em bolsas, sapatos, cadeiras e acessórios para o preview.

Confira as peças conceito:

 

Comentários

Comentários