Conheça os Perenials, pessoas que não seguem padrões para viver a própria maturidade

Roberto Silveira, em editorial de moda realizado no Senac Lapa Faustolo

Quem já visitou a biblioteca do Senac Lapa Faustolo e teve a oportunidade de conhecer o bibliotecário Roberto Silveira, 53, com certeza prestou atenção na criatividade que ele emprega na construção dos seus looks exuberantes, que mesclam elementos antagônicos como dândi e streetwear numa mesma composição com facilidade, e ele diz montar rápido.

“Eu decido o que vou vestir quando acordo. Cada dia eu quero uma coisa diferente”, conta Roberto, que também é stylist pós-graduado pelo Senac SP e é responsável pelo acervo de moda e beleza da unidade, que conta com mais de 10 mil itens entre livros, roupas, revistas e DVDs sobre o tema.

Uma das pessoas citadas por João Braga na seção de agradecimentos do seu livro História da Moda no Brasil, das influências às autorreferências (2011), o bibliotecário conta que o gosto pela pesquisa e cultura de moda é tanto o trabalho como o hobby e se traduz no amadurecimento do seu estilo.

“Eu entendo estilo como personalidade, então não me aproximo de nenhum rótulo, seja de comportamento ou de idade”, reflete Roberto, que não está só nessa perspectiva. Iris Apfel, 97, que ganhou um documentário sobre sua vida em 2015 e agora é interpretada no teatro por Nathalia Timberg na peça Através da Iris, em cartaz no Rio de Janeiro, comunga da mesma opinião sobre o amadurecimento do estilo com o passar dos anos, chamando a atenção para o mercado dos Perenials.

Termo cunhado por Gina Pell em 2016 para falar sobre a dissociação da classificação dos hábitos das pessoas pela faixa etária em que se encontram, o perenial é mais uma nuance do remix cultural que vivemos na sociedade contemporânea, midiatiza nas redes digitais, num momento em que a diversidade de expressão é valorizada tanto em termos sociais quanto mercadológicos.

“O perenial não tem nada de vovô, apesar de ser maduro, suas atividades o aproxima do millenial, que também é conectado e ávido por conhecimento. Como principal característica desse grupo, destaco a criatividade e a vida profissional longeva, marcada por ciclos de transformações”, avalia a jornalista e consultoria de moda Patrícia Pontalti.

Após décadas de imersão no meio fashion, Patrícia e sua sócia decidiram empreender num serviço de consultoria de imagem prestado por um robô de inteligência artificial, a Pati, uma empreitada inovadora da dupla nessa seara. “Nós passamos meses treinando o robô para reconhecer padrões, sugerir looks e marcas adequadas para o nosso público”, explica.

É verdade que se passou a falar mais sobre os novos hábitos de consumo do público maduro após o lançamento do documentário Advanced Style, em 2015, nome de um blog que começou a registrar street style de mulheres maduras, mas se pensarmos bem, nossas referências de estilo pessoal descolado da idade vêm muito antes do boom da internet, em figuras como David Bowie, Constanza Pascolato e Elke Maravilha.

Confira a seleção de perfis de perenials no instagram realizada pelo #ModaInfo:

Advanced Style

O perfil do blog Advanced Style é uma das principais referências visuais de estilos diversos de pessoas maduras. Criado pelo fotógrafo Ari Seth Cohen em 2008, já virou livro, livro para colorir e documentário. Na imagem ao lado, Linda Rodin, uma das musas dos perenials clicada por Cohen.

Baddy Winkle

Helen Van Winkle, 90, eleita pela Forbes como uma das pessoas mais influentes do Instagram, é seguida por personalidades como Rihanna e Miley Cyrus, começou a carreira de influencer aos 85, com a ajuda de sua bisneta, postando seus looks extravagantes na rede.

Ano passado ela passou pelo Brasil na sua turnê mundial para cumprir uma lista de coisas para fazer antes de morrer, foi à praia, à escola de samba e ao Cristo Redentor.

https://www.instagram.com/p/BmJgStOAX0R/

Costanza Pascolato

Também conhecida como papisa da moda brasileira, a consultora e empresária Costanza Pascolato, 79, foi uma das pioneiras no jornalismo de moda em nosso país, na década de 1970, e já lançou três livros sobre moda e estilo pessoal.

Na imagem ao lado, Constanza está com sua filha Consuelo Blocker, que também cobre a área de moda em seu blog.

Linda Rodin

Linda Rodin, 69 anos, fundadora da Rodin, marca de beleza famosa por óleos faciais, tmbém alimenta seu feed no instagram com seus looks do dia e seu negócio social, Linda and Winks, por meio do qual fomenta fundos para a causa animal.

Lyn Slater

 

Lyn Slater, 65, decidiu abrir o blog Accidental Icon porque tinha dificuldade de encontrar conteúdo voltado à estética urbana, moderna e intelectual, que também se conectasse com mulheres que vivem o que ela chama de “vidas interessantes, mas comuns” nas cidades.

https://www.instagram.com/p/BlGCGKahCb_/

Maureen Gumbe

 

Maureen Gumbe, 70 anos, foi descoberta pelo fotógrafo Ari Seth Cohen, do Advanced Style, e posta seus looks e inspirações sobre cultura e moda africana em seu perfil do instagram.

Michele Lamy

 

Michele Lamy, 74 anos, cineasta e musa do estilista Rick Owens, com quem é casada. A artista revelou ao blog da Mac Cosmetics que nunca usa base porque gosta de mostrar as marcas da própria pele, destacando apenas os olhos azuis com maquiagem bem forte, além do sinal tribal que faz na testa, sua marca registrada.

Rogéria Maciel

 

Rogéria é arquiteta, consultoria de imagem e designer de acessórios. Pelo instagram, dá dicas de estilo e promove os lançamentos da sua marca homônima.

Os modelos Alberto Masala e Alessandro Manfredini divulgam diariamente seus trabalhos e lifestyle nas redes sociais:

 

 

Foto em destaque: Marcella Ferrari Boscolo

Comentários

Comentários