Coleções flertam com a fluidez de gênero e a ressignificação de padrões de beleza

 

Ao condensar as semanas de moda feminina e masculina num longo evento de 10 dias, o NYFW (New York Fashion Week) aproveitou o enxugamento do seu line-up como uma oportunidade para dar um passo adiante no entendimento sobre a pluralidade das narrativas dos públicos que consomem moda.

Looks desfilados pela Nihl, No Sesso, Palomo Spain e Telfar no New York Fashion Week Inverno 19

Isso porque, o que se viu logo nos três primeiros dias de evento, à priori reservados para marcas masculinas, foram propostas para tod@s as pessoas, independente da relação entre corpo e gênero, evidenciadas no styling arrojado de marcas como Telfar, Palomo Spain e a estreante No Sesso, dirigida pela designer trans Pierre Davis, numa pegada bem próxima à da Casa de Criadores.

Assim, o NYFW, apesar de ser reconhecido pelo viés comercial, não se limitou ao lidar com a fluidez do agênero na zona de conforto da cartela neutra e design minimalista, apresentando em looks coloridos, ricos de texturas e camadas, um exercício de personalidade bem-vindo num tempo em que se exige transparência nas relações que as marcas estabelecem com o público.

Gypsy Sport, 11 Honoré, Reconstruct, Rodarte, Chromat, Christian Siriano e Eckhaus latta

Não por acaso, os modelos roubaram a cena em desfiles como o da Chromat, que faz swimwear contemplando uma grade realística de tamanhos, do pequeno ao extragrande, a Gypsy Sport, que trouxe modelos trans para a passarela, e a 11 Honoré, e-commerce que promoveu uma coleção exclusivamente plus size e movimentou a #FatFashionWeek nas redes sociais.

E teria como ser diferente? Num mundo tão impactado pela plastificação das pessoas e discursos nas redes sociais, quem coloca pessoas de verdade na pauta dos desfiles, decodificou na prática que seguir padrões não deixou de fazer sentido apenas nas escolhas das roupas para vestir, mas também de corpos para se inspirar.

Há muitas pessoas interessadas em investir tempo e dinheiro em marcas que as representem e quem estabelece esse tipo de conexão com elas sai na frente.

Em tempos de discursos polarizados, manifestos plurais.

Confira a seleção de looks do New York Fashion Week Inverno 2019 feita pelo #ModaInfo

Fotos: Fashion Snoops

Comentários

Comentários