Confira os destaques da temporada de inverno na capital parisiense

 

Ponto de encontro das casas mais tradicionais da moda, o PFW (Paris Fashion Week) encerrou semana passada a temporada de desfiles das coleções de Inverno 19/20 do hemisfério norte, exaltando mais uma vez a identidade de marca na criação.

Desde o primeiro dia, marcado pelo adeus da Chanel ao estilista Karl Lagerfeld, morto mês passado, o que se notou foi a releitura dos signos do próprio DNA com um toque de contemporaneidade, do jeito que o público fiel gosta, com destaque para as megaproduções características dos desfiles da cidade luz, responsável por imergir o público no conceito de cada apresentação.

Embora o Kaiser não estivesse presente para assistir à entrada da sua derradeira coleção para maison, sua presença se fez notar na repetição dos códigos que o consagraram como diretor criativo da marca. A coleção começou com os tradicionais casacos e conjuntos de tweed da marca, que foram do preto e branco ao color blocking, desdobrando-se em looks mais despojados, com jaquetas, vestidos vaporosos e, mais ao final, a personificação do estilista no look dandi.

Aliás, o convite à imersão se fez presente na estratégia de direção de outros desfiles de marcas consagradas do circuito, como a Saint Laurent, que, numa releitura da coleção Scandal desenhada pelo seu fundador nos anos 70, alternou a experiência do público na examinação dos looks ao apresentá-los também sob luz negra, como numa boate, exaltando os tons ácidos da sua cartela neon underground.

Nesse caminho de retrospectiva, a Tommy Hilfiger acomodou seus convidados numa arena para apresentar uma coleção que mesclava looks básicos de jeans e camiseta com jumpsuits, calças e vestidos de lamê ao som da diva Grace Jones, ícone dos anos 80, que foi em pessoa agitar o público.

tommy hilfiger grace jones

Grace Jones no desfile da Tommy Hilfiger

A década de 80 se manteve presente também nas propostas da Louis Vuitton e da Isabel Marant, tanto pela revisitação do power dressing, quanto pela apropriação de códigos do punk, como tachas, xadrez e couro.

Confira mais destaques da temporada identificados pelo #ModaInfo:

Aalto

O designer finlandês Tuomas Merikoski concentrou-se em celebrar a diversidade e inclusividade cultural na passarela.  A marca integrou noções básicas de streetwear em uma coleção repleta de tecidos luxuosos, como veludos de veludo, mantas e malhas grossas, contraste que serviu como linha de base para a coleção.

Celine

Criticado na sua estreia na marca na temporada anterior, Hedi Slimane apresentou uma coleção modesta para o FW 19/20, inspirada veio da garota de classe média alta parisiense, numa vibe vintage dos anos 70.

Dries Van Noten

Dries Van Noten apresentou uma estética irônica para sua mais recente coleção FW 19/20. O conceito por trás da coleção seguiu a necessidade de escapismo, numa série de conjuntos cinza que representavam uma realidade que lentamente se transformava em fantasia, com looks florais coloridos. Esses gráficos florais foram despojados de toda conotação romântica e, em vez disso, mostravam beleza na decadência e na imperfeição.

Off-White

De olho no minimalismo, Virgil Abloh evocou velocidade em looks de aparência elegante e ágil, com bordas limpas, linhas nítidas e estilo monocromático. Esta coleção exaltou a sensualidade no athleisure, que prospera no mercado de streetwear de hoje.

Marine Serre
Os efeitos nocivos das alterações climáticas serviram de influência para a coleção FW 19/20 da Marine Serre, pensada para um cenário distópico e perigoso para a vida humana. Assim, macacões coladinhos no corpo inteiro embalavam os modelos a vácuo em praticamente todos os looks desfilados, fazendo as vezes de segunda pele por baixo de casacos de pele falsa, trenchcoats e vestidos de lenço, além das balaclavas, hit da temporada.

Sacai

Reconhecido pela construção complicada das suas roupas, dessa vez o designer Chitose Abe se concentrou mais no impacto das camadas na proposta de sua coleção de inverno, apostando na fusão da silhueta de alta-costura com peças de streetwear para a temporada.

Fotos: Fashion Snoops

Comentários

Comentários