Alfinetes falsos colados nos rostos dos modelos ressaltam vocação de streetstyle da semana de moda masculina de Londres

Alexander McQueen

Alexander McQueen

Charles Jeffrey Loverboy Londres Masculino - Inverno 2016 foto: FOTOSITE

Charles Jeffrey Loverboy

Sean Suen

Sean Suen

 

 

 

 

 

 

 

Eles não são de verdade, mas é impossível não pensar se dói colocar um piercing nas bochechas ao ver o desfile da grife Alexander McQueen no inverno 16/17 da London Collections, em que o casting usa peças fakes cujo design evoca o militarismo e a época vitoriana na releitura do acessório que marcou o movimento clubber dos anos 90.

“Os piercings fake estão em alta desde o ano passado, após o desfile da Givenchy, mas, desta vez, o resultado dos looks ficou mais dark, os alfinetes nos remetem à dor. Penso que se trata de uma expressão do momento de apreensão e incerteza pelo qual a Europa passa”, explica Beth Salles, consultora de acessórios do #ModaInfo, que continua “Londres sempre se destaca pela sintonia com a moda de rua, é uma semana mais ousada em relação às outras”, destaca.

Charles Jeffrey Loverboy também investiu no flashback dos piercings “feitos em casa”, com destaque para um modelo cuja orelha, “recém-furada”, aparece sangrando. Sean Suen, por sua vez, salpicou alfinetes com cola pelos rostos dos meninos.

KTZ Londres Masculino - Inverno 2016

KTZ
Londres Masculino – Inverno 2016
foto: FOTOSITE

Bolsa baú está de volta

Ao lado das tradicionais bolsas carteiro, a bolsa baú, ícone da Louis Vuitton, reapareceu na temporada londrina, ora mais clássica, como na Hardy Amies, ora mais esportiva, como na KTZ.

 

 

 

 

Confira a seleção do #ModaInfo dos acessórios mais bacanas da London Collections:

 

Comentários

Comentários