Além das tendências de moda, dicas de posicionamento de marca entram na agenda do seminário

 

Realizada em 24/8, a 48ª edição do Senac Moda Informação, voltada à confirmação de tendências de moda para o Inverno 2017, também foi espaço de discussão de estratégias de posicionamento de marca.

“Elaborar produtos de qualidade, com preço justo e design autoral não vale mais como diferencial, o mercado já espera por isso”, alerta o palestrante de moda masculina Maurício Lobo, que continua, “é o desenvolvimento do conceito da sua marca que te permitirá transitar entre diferentes áreas da criação com identidade forte aos olhos dos clientes”.

A também palestrante Beth Salles, que neste ano falou sobre styling, acessórios e beleza, chamou a atenção para a importância da criação de imagem de moda, “com base nos temas da estação, cada marca vai fazer a dosagem dos elementos que deverão aparecer na próxima temporada para despertar desejo em seus clientes, principalmente no ponto de venda, onde tudo acontece”.

É com esse pensamento que Juliana Santana, estilista da marca Granfina, de Teresina, veio conferir o #ModaInfo pela terceira vez. “Não temos inverno no Piauí, mas adaptamos as novidades do seminário para peças mais leves”, relata.

Juliane Charlote, proprietária da Charlott Plus Size, de Santa Catarina, que vem ao evento há 4 anos, destaca o bom momento do segmento plus size para os negócios, “investimos em looks para balada, pois  sabemos que a mulher plus gosta mesmo é de se sentir desejada, usar as tendências de moda adaptadas para a valorização do próprio corpo. Posso dizer que não sabemos o que é crise, sofre com a crise quem não tem o seu diferencial. Estamos rindo à toa”.

 

Styling

“Invistam no styling. Acessórios valorizam qualquer visual, fortalecem a pegada da marca e facilitam para o cliente a compra do look inteiro”, garante Beth.

Cleber Bordini, da marca de roupas e calçados Kabler, de São Paulo, explica que vem ao seminário para estudar a cartela de cor da estação e entender como aplicá-la aos calçados. “Percebemos que jaquetas bomber, sapatos oxford, plataformas altas e sapatos prateados se manterão em alta para o Inverno 2017″, afirma. o que completa, “O ano está ruim, já que os clientes estão muito sensíveis a preço. Mais do que nunca precisamos ser criativos para fechar a equação moda versus preço”.

Leonardo Pereira, proprietário da Tunoda calçados, de Barueri, também confirma os tênis nos looks cotidianos como tendência: tênis branco, prata e sleepers estão vendendo bastante. Acredito que as mulheres migraram das sapatilhas para os tênis casual”, pontua.

Beth explicou como os temas vão aparecer nos acessórios da próxima estação:

Boho Dream: “Inspirado nos anos 1970, com materiais e a cara de 2017”, recomenda Beth, que explica que a vontade de aconhego é expressada em materiais macios, como camurça, couro floater, veludo, tricô e crochê.

Free Rebel: “Muito couro preto liso, com tachas, zíperes de metal, puxadores, fivelas e muito ilhós de metal aparecem nesse tema”, explica. “Em contraponto, a influência japonesa está presente com um design minimalista”.

New Order:  “Aqui a estética se alia ao conforto. Materiais tecnológicos como náilon, elásticos, zíperes coloridos e, principalmente, solados de borracha branca tratorada marcam presença”, afirma a palestrante.

Novos Românticos: O lirismo presente nos laços, babados e plissados aparece combinado a peças rock n roll, como jaquetas perfecto e botas, avalia Beth. “Saias de tule e bodys e misturadas a jaquetas de couro preto bem punk, com botas, tênis ou sapatilhas nos pés”. Detalhes importantíssimos: laços, babados, pregas e plissados, finaliza.

Confira a cobertura completa do #ModaInfo Inverno 2017 

Comentários

Comentários