Estilista revisita suas raízes em trabalho de conclusão de curso

 

Vida, morte e transcendência conduzem o trabalho da estilista Andréia Hiromi, recém-formada pelo Senac São Paulo, que resgatou as lembranças de sua avó, japonesa de Okinawa, para compor o editorial Transbordamento em seu TCC. “A minha avó criou seus filhos sendo costureira e é por meio da costura eu me conecto com ela, já que quando ela faleceu eu ainda era muito jovem para aprender tudo o que ela podia me ensinar”, conta Andréia.

“Nele, há vestidos elaborados com faixas de organza e gazar queimados e tingidos manualmente, fazendo relação ao corpo que se constrói e se desconstrói através das cinzas”, explica a estilista, que também utilizou o filme Hanami – Cerejeiras em Flor (2008) como fonte de inspiração.

Os coletes de veludo da coleção são dupla-face e desmontáveis, não há costuras entre as peças. Andréia conta que esses coletes remetem ao entrelaçamento dos corpos na dança japonesa Butoh, muito explorada no filme.

 

Confira:

[envira-gallery id=”9307″]

 

Ficha técnica

Estilista, idealizadora e texto: Andréia Hiromi

Apresentação especial (dançarina de Butoh): Dorothy Lenner

Produção, edição e direção do vídeo: Jonathan Carvalho
Produção, edição e direção do áudio: Gianfranco Casanova

Vozes: Andrea Canton, Gabriel Lopes, Rebecca Nantess

Cantor e instrumentista: Rafael Kamiya

Modelo e maquiagem: Shady Jordan

Apoio: Gabriel Lopes, Tereza Toma

Agradecimentos
Akemi Toma
Franco Toma
Mitiko Medeiros
Isamara Freire
José Luis Andrade
Clara Imperatrice
Felipe Russo
Antônio Castro
Lucas Ferrari
João Camargo
Carmem (Atelier Alinhavo)
Cecília Toma
Luciana Ruas
Scarllat Carvalho
Maju Ribeiro
Amaury Nicolau
Juliana Yamaji
Fernanda Yamamoto

 

Comentários

Comentários