Jornalista discute a imagem como guia sobre criação, comportamento e negócios no evento

 

Inteligente e humanista, a jornalista Vivian Whiteman construiu sua carreira como crítica de moda pautando-a pelo viés da noticiabilidade, que expande as motivações do ser humano para o ato de se vestir enquanto decodificação do espírito do tempo, seus problemas e potencialidades.

Desde a sua estreia na coluna A Última Moda, em 2006, na Folha de S.P., até sua mais recente experiência como editora sênior na Elle brasileira, que encerrou as atividades ano passado, Vivian cultivou em seus leitores o olhar ávido por conexões entre a moda e outros territórios sociais, como a arte e o mercado, por exemplo.

“Apesar de ter sido muito criticada por insistir em análises sobre os lançamentos de moda que extrapolassem a reprodução do que era comunicado pelas marcas, sempre acreditei que comentar a roupa por si só, além de ser ‘chatérrimo’, significava perder a oportunidade de decifrar as estruturas sociais”, avalia.

Seguindo sua vocação de falar sobre o que importa, a jornalista está imersa na formação em psicanálise, área que namora desde o início da carreira e que, hoje, desponta como sua segunda profissão em potencial, administrada em paralelo à consultoria de conteúdo de moda para empresas.

Em 22/8, Vivian capitaneia a Arena Imagem de Moda – styling, fotografia e mídias, do Senac Moda Informação 2019, que debaterá as relações entre as mensagens das campanhas com os valores das marcas nas produções contemporâneas de moda.

“Falar sobre imagem na moda é recapitular as suas origens, pois imagem é tudo nesse meio, e ainda assim, há muita marca se perdendo por surfar em temas sem propriedade”, afirma.

A discussão sobre a criação de imagens de moda permeia toda a programação do nosso encontro, que discorrerá também sobre a ressignificação de padrões de beleza e diversidade e seu desdobramento na interpretação das macrotendências de comportamento, temas dos talks na programação.

Sobre a ressignificação, Vivian destaca campanhas de moda bem-sucedidas promovidas pela Gucci sob direção do Alessandro Michele, que costuram temas atuais com o capital criativo da marca. “Os lançamentos dela exigem que a imprensa de moda discuta diversos tabus sociais que eram frequentemente evitados no passado, como gênero e racismo”, reflete Vivian, que continua, “nosso trabalho na revista (Elle) sempre crescia quando essa marca aparecia, porque era preciso aprofundar o repertório dos leitores sobre tais temas”.

Ainda que sejam relações de sentido como essa que configuram à moda o status de notícia na nossa sociedade, na última década, assistimos à aceleração do achatamento do meio jornalístico dedicado ao meio fashion no nosso país, motivado tanto pela crise financeira quanto pela mudança de comportamento do público, que consome cada vez mais informação gratuita pelas redes sociais, e das marcas, que se acostumaram a investir em influenciadores digitais.

Não por acaso, diminuem as iniciativas de cobertura jornalística sobre o meio, tornando-se cada vez mais difícil de compreender os conteúdos patrocinados pelas marcas do apurado pelos veículos de olho no interesse público, aumentando, ironicamente, o desafio do trade de comunicar seu valor cultural e financeiro, capaz de sobreviver aos modismos de cada temporada.

“No geral, as marcas sempre lidaram mal com críticas, mas mesmo para elas a redução dos veículos de moda é ruim, pois significa menos espaço dedicado ao meio, ao mesmo tempo que os influenciadores digitais não têm compromisso em avaliar o desenvolvimento dele”, acredita.

Esse entrave na cobertura de moda nos tempos atuais dará pano para manga no nosso Talk Comunicação Estratégica, que encerrará o #ModaInfo19 e já está mobilizando as discussões na nossa rede por meio do desafio do Staff Lab, que conectou turmas de seis unidades do Senac São Paulo para o desenvolvimento de soluções criativas que serão apresentadas à nossa audiência em 9/8.

Fique ligad@ e traga suas ideias para o nosso encontro:

22ago09:0018:00Senac Moda Informação 201909:00 - 18:00 Senac Lapa Faustolo

Imagem: Divulgação.

Comentários

Comentários